Artigos

Em ritmo lento e próximo do prazo de entrega, obra da UPA não saiu da fase de fundação

Em requerimento aprovado na sessão legislativa da última terça-feira, 02, o vereador Jair Pires (PSDB) questionou o Executivo sobre o atraso na obra da Unidade de Pronto Atendimento – UPA do Centro. Orçada em quase dois milhões de reais (R$ 1.976.319,45), a UPA está sendo construída através de um convenio com o ministério da Saúde e a previsão de entrega era para o próximo dia 19 de Setembro, porém a empresa responsável pela construção ainda está na fase de fundação.

“Faltam pouco mais de 15 dias para a entrega e a obra ainda está na fase de fundação, eu queria entender o que levou a este atraso. Será que não tem planejamento?”, indagou Pires. Na discussão do documento Jair disse ainda que está cansado das desculpas que esta administração vem dando à população. “Talvez descobriram que a obra da UPA necessite de mais estacas do que era previsto inicialmente como foi a desculpa dada pelo atraso do hospital de Boiçucanga, a população já está cansada destas desculpas”.

O parlamentar acredita que a VOLPP, empresa responsável pela execução das obras, não esteja dando conta já que é responsável por diversas obras ao longo do município. “Esta é mais uma obra desta administração que ficou só na placa, a mesma empresa que pegou a obra da UPA, pegou as obras das pontes na Costa Sul, o calçamento do Centro Histórico, a reforma da Escola Nair Ferreira Neves e muitas outras obras ao longo do município, acho que não estão dando conta, está tudo muito lento e no mínimo muito estranho uma mesma empresa com tantas obras de uma só vez, estou acompanhando tudo de perto”, frisou. 

.

.

Online agora

Temos 4 visitantes online

Vereador Jair Pires
no Instagram

Acessos

Acessos ao site:
63114